O CAMINHO SÁBIO - Tao-Te-Ching como fonte de inspiração e orientação pessoal

O Tao-Te-Ching existe há 2.600 anos e é considerado um dos textos mais profundos da sabedoria chinesa. No livro, Roberto Otsu resgata os 81 aforismos de Lao-Tsé com um cuidadoso trabalho de tradução. Cada aforismo traz uma reflexão do autor que ajuda o leitor a contextualizar os ensinamentos. Acompanha a obra um baralho ilustrado que permite utilizar o Tao-Te-Ching como oráculo.

Escrito no século VI a.C. pelo sábio chinês Lao-Tsé, o Tao-Te-Ching transformou-se no livro de cabeceira de vários pensadores, estadistas e grandes líderes, além de homens e mulheres comuns que buscam nele palavras profundas de inspiração. Porém, como acontece com todo clássico, o conteúdo da obra acabou sendo modificado pelas inúmeras traduções. Em O caminho sábio - Tao-Te-Ching como fonte de inspiração e orientação pessoal, lançamento da Editora Ágora, Roberto Otsu resgata toda a sabedoria do Tao-Te-Ching, partindo dos textos originais em chinês para chegar a uma versão fidedigna e completa.

Especialista em tradições orientais, o autor preocupou-se em manter os símbolos culturais e a linguagem original do texto chinês na tradução que foge das simplificações e omissões normalmente presentes nas versões publicadas no ocidente. Além disso, cada um dos 81 aforismos da obra vem acompanhado de uma reflexão, que aprofunda o tema, promovendo a interiorização e a meditação. As reflexões elaboradas por Otsu permitem associações imediatas com a vida cotidiana e facilitam a compreensão do texto.

Em meio à violência, ao desamparo e à perplexidade que são as marcas da sociedade contemporânea, torna-se urgente resgatar valores como a humildade, a confiança, o respeito ao próximo e à natureza, o equilíbrio interno e a harmonia nas várias esferas da existência. Os ensinamentos do Tao-Te-Ching e as reflexões de Otsu mostram que há um caminho sábio para qualquer situação e iluminam a busca pessoal de cada um por uma compreensão lúcida da vida. Como afirma o autor, na introdução do livro, palavras como as de Lao-Tsé "sempre ressoarão em nosso interior como uma das mais belas intuições e mais profundas inspirações da sabedoria da Humanidade."

Acompanha o livro um baralho ilustrado que dá um caráter bastante prático à obra. A milenar sabedoria chinesa tem servido de orientação para milhares de pessoas em todo o mundo que buscam uma vida mais sábia, mais equilibrada e mais significativa. Assim, é comum que os livros de sabedoria sejam utilizados para conseguir inspirações na hora de tomar decisões importantes. O sorteio aleatório das lâminas facilita o acesso ao inconsciente e oferece ao leitor o aforismo mais adequado ao seu momento. O baralho foi ilustrado pela professora Lee Kuk, uma artista chinesa de 80 anos que conserva a tradicional arte pictórica e caligráfica de seu país.

A obra é destinada especialmente àqueles que estudam a sabedoria e as tradições orientais, além de servir como base filosófica aos que praticam atividades de origem chinesa como Tai-Chi-Chuan, Chi Kung (Qi Gong), Lian Kung, Kung Fu, Acupuntura, Medicina Tradicional Chinesa, Feng Shui e leituras do I Ching.

Mas, de forma mais ampla, poderá ser lido com extremo proveito por qualquer um que deseje desenvolver a espiritualidade e tenha interesse por temas como religiosidade, autoconhecimento, liderança, crescimento interior, psicologia junguiana, filosofia, meditação e contemplação da natureza.


Onde comprar o novo livro